Dicas Legais por E-mail!

domingo, 19 de dezembro de 2010

Facilite sua vida na cozinha - Parte I

Facilite sua vida na cozinha com estas dicas & segredos:

ALHO: Exagerar no alho ao cozinhar e se arrepender depois tem solução: coloque na panela alguns talos de salsinha e leve novamente ao fogo, para que o gosto do alho seja absorvido.


BABA DO QUIABO: Para eliminar a baba do quiabo, lave-o ainda inteiro, seque-o e coloque-o numa tigela com um pouco de suco de limão, deixando repousar durante 15 minutos. Depois lave ligeiramente, corte e cozinhe.


BOLO QUEIMADO: Se o bolo que deu tanto trabalho queimou, não se desespere: passe um ralador de queijo côncavo na parte queimada até retirar a crosta.


FEIJÃO: 1 xícara de feijão cru serve três pessoas depois de pronto.


CENOURAS E AIPOS: Para resolver o problema de cenouras e aipos meio murchos, mergulhe-os em água gelada misturada com uma colher de chá de mel por uma hora. Escorra e seque levemente depois


BATATA FRITA SEQUINHA: Para que as batatas fritas fiquem bem sequinhas, depois de cortadas, coloque-as em água fervendo por alguns minutinhos e, em seguida, em água com gelo. Escorra bem, frite em bastante óleo e escorra em papel-toalha.


CHEIRO DE FRITURA: Frituras deixam um cheiro desagradável que fica impregnado na cozinha. Para remediar, coloque meia colher (chá) de canela em pó em uma frigideira seca, aqueça e deixe alguns minutos. O cheiro desaparece e o aroma de canela perfuma a casa por um bom tempo.


PURÊ: Quando o purê fica muito aguado, basta salpicar a mistura com um pouco de leite em pó.


CONGELAMENTO DE CREPES E PANQUECAS: Intercále-os com papel impermeável, embrulhe em um papel alumínio na quantidade que irá utilizar e congele.


COUVE-FLOR: Para manter a couve-flor branca, adicione um pouco de leite a água do cozimento.
Feed
Assine nosso Feed ou receba os artigos por email

Leia Também:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Curta no Facebook

Número de visitantes

Seguidores

  ©Dicas Legais - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo